Arquibancada Palestrina

Um blog de Palmeirense de arquibancada

RAPIDINHAS ANTES DO JOGO

Essas são as rapidinhas do Palestra de hoje.

Dia de jogo é dia mais corrido. Há que adiantar as coisas, pois perto da hora do jogo não dá para fazer nada.

Vamos a elas:

1. Precisamos de uma vitória. Não tem escapatória. Precisamos dos três pontos, pois jogamos com o Cruzeiro fora no domingo e, quarta-feira, é dia da primeira decisão do segundo semestre: O Botinha, primeiro jogo da fase eliminatória da Copa Sul-Americana. Esse é o campeonato que interessa e precisamos viajar para Minas com 13 pontos e poupando os jogadores mais importantes.

2. Para ajudar o time hoje, nossa torcida poderia comparecer em peso, em um jogo marcado há meses para o Pacaembu. Mas como todos já sabem, nossa diretoria fez o favor de fuder o torcedor mais uma vez e passou o jogo para Barueri. E lá vamos nós para os pífios 7 mil espectadores. Os mesmos que sempre se fodem indo ver jogos em Barueri.

3. Hoje temos a volta de Barcos. Vai para o banco, mas é uma alegria ver a volta dele. Esse se identificou demais com o Palmeiras. É o típico “jogador-torcedor”. A galera adora jogadores assim. Principalmente se o cara mete gol pra cacete!

4. Olha, vou falar uma parada: eu fico puto, mas muito puto com jogador que fica no “vai-num-vai”, que diz hoje que adora o Palmeiras e amanhã diz que pode sair. Olha, meu chapa, já vi muito jogador passar pelo Palmeiras. Caras que eu achei que eram a cara do Palmeiras e foram para times rivais. Para jogar no Palmeiras, tem que estar a fim. Se não tiver, se tem dúvidas: FORA DAQUI!

5. Legal a dúvida de Felipão e da torcida: Barcos ou Obina? Foda mesmo era quando a dúvida era entre Ricardo Bueno ou Fernandão.

6. Uma coisa nos preocupou nessa semana: a negociação de dois jogadores do nosso elenco. A primeira delas é a venda em definitivo por valores não divulgados (ou seja, deve ter sido uma ninharia) de um meia jovem, formado na base e visto como uma das esperanças entre nossos jovens atletas. O outro foi o lateral Cicinho, que acaba de ser vendido ao Sevilla. Estamos sem lateral-direito reserva.

7. Hoje, o Benjamin Back escreveu no Lance! elogiando a organização da tabela e do calendário do futebol brasileiro. Para ele, assim os clubes podem se planejar melhor… E o torcedor, meu chapa? Não importa que ele se estrepe com as mudanças de datas, horários e locais de jogo? Mesmo com torcedores esperneando com as alterações na tabela, tomando prejuízo com alteração de passagens e outras mazelas, o cidadão mostra que, definitivamente, jornalistas esportivos vivem em um mundo à parte da torcida. Nenhum deles se dispõe, seriamente, a debater os problemas mais graves da organização do nosso futebol (manter as datas e locais programados para o jogo é o mínimo). Pior: mostram que estão a serviço dessa corja, elogiando a organização da desorganização.

Bom, por hora é isso. Mais tarde tem Palmeiras. O resto é conversa!

Anúncios

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em julho 26, 2012 por em Tensão Pré-jogo.

(Publicidade Gratuita até 20/05/14) #AvantiBasqueteSEP

@ArqPalestrina

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: