Arquibancada Palestrina

Um blog de Palmeirense de arquibancada

Twittadas Palestrinas: Fluminense x Palmeiras

Por Marcelo Ricci (@ArqPalestrina)

Salve Família Palestrina

Primeiramente, um feliz dia dos pais a todos os pais palmeirenses, que repassaram a tradição alviverde para seus sucessores.

Hoje, o Arquibancada Palestrina contou com a presença do João no Engenhão, mais uma vez. Dessa vez, com o seu filho Henrique, que comemorou o dia dos pais vendo o Palmeiras em campo. Antes do jogo, ele já havia dito o presente que ganhara no twitter do Arquibancada Palestrina:

Em campo, Fluminense e Palmeiras faziam o duelo, os dois únicos times patrocinados pela Adidas na série A. A empresa alemã utilizou do jogo pra divulgar os possíveis nomes da bola da Copa, considerando que ela também será a patrocinadora oficial em 2014 aqui no Brasil. Dessa forma, os nomes nas costas da camisa tinham 3 possibilidades, seguido da famosa “Hashtag” (#): Bossa Nova, Brazuca ou Carnavalesca. E já lançaram o palpite:

O jogo nem começou e os Twitteiros de plantão já estavam espertos com o comentarista do jogo no PFC. Dessa vez o #ForaMuller não cagou pela boca. Mas nunca é tarde pra zua-lo. STJD e Arbitragem também fizeram parte das revoltas do pré-jogo no Twitter:

@PalmeirasPTD fez uma leitura labial nos árbitros, momentos antes da partida começar:

Times escalados pelo Twitter:

É incrível! Palmeirense tem fé em tudo:

Mas foi só começar o jogo que já dava pra perceber que a previsão não era tão boa assim. Patrick estava impossível hoje!

E aquele que chegou atrasado perdeu um ótimo lance do nosso camisa 9. Cabeçada do Pirata passou perto depois de um ótimo lançamento do Henrique. Um passo pra trás, era caixa:

Outra boa jogada do Palmeiras. Dessa vez Fernandinho chuta para ótima defesa do Diego. Raul Bianchi já anuncia que lá também tem goleiro. Pelo jeito o nome do jogo não vai ser nenhum jogador dentro de campo…

E mais uma. Dessa vez, ele contou com a sorte. Um excelente passe de calcanhar do Obina para o Artur que vinha de trás e bateu bem, mas Cavalieri defendeu com o rabo. Puta que pariu. Rabo virado pra lua!

Fim de primeiro tempo. Tava nítido pra todo mundo que o Palmeiras criou chances mais claras que o mandante, mas que por pouco não tirou o zero do placar no primeiro tempo. Até mesmo os comentaristas partilhavam dessa ideia. Abelão queria que fosse logo para o intervalo:

Segundo tempo começa. E aquele substituição que o Pietro Boccia e a torcida do Palmeiras inteira pensava, não aconteceu: Sai Patrick entra Mazinho. Palmeiras volta com o mesmo time. Mas não voltou como no primeiro tempo:

E como havia dito: o nome do jogo não ia ser ninguém dentro de campo:

Bruno e Cavilieri se destacando demais no jogo! Eram defesas milagrosas.

Carlos Pracidelli era o nome do jogo. Treinou Diego Cavalieri e Bruno, goleiros que salvaram seus respectivos times nesse fim de tarde no Rio. Pracidelli que acompanhava o jogo na cabine, ao lado de Felipão e César Sampaio. Murtosa comandava o time da lateral do campo, mas os bigodes se comunicavam por um rádio. Felipão/Murtosa resolveu mudar: Vem aí Mazinho!

Quem sai?

E enfim o Gol do Palmeiras! Não? Ué, o que estão comemorando então? Pênalti? Não também?

Patrick sentiu e pediu pra ser substituído. João Vitor foi pro jogo no lugar do cone.

O Palmeiras não conseguia fazer o gol. Cavalieri salvava todas, com auxilio da trave ainda por cima. Depois de um certo tempo, a bola não chegava mais. Veio o pedido da torcida:

O típico “foi só falar”! Eis que:

E a frase que na maioria dos jogos desse brasileirão terminaram a partida veio a tona novamente. Um dos bordões dos comentaristas esportivos foi entoado novamente, mas dessa vez, no Twittadas:

E não tem como negar! Palmeiras melhor em campo mesmo com o Departamento Médico lotado. Os jogadores precisam voltar. Precisamos de um meia para suprir essas ausências que, pelo que parece, serão corriqueiras de Tonel de Carvalho e Valdivia. Não podemos contar com o nosso lateral esquerdo reserva ao lado de Patrick para armar o time num jogo importante como esse. Aqui é Palmeiras e precisamos de qualidade para a bola chegar no Barcos, que fez milagre nos dois jogos contra a freguesia alvinegra carioca e não serão todos os jogos que fará.

Agora é pensar na Quarta Feira. Obrigação de vitória contra o pífio e desarrumado time do Flamengo que merece ser rebaixado esse ano. Nós temos a Copa do Brasil no peito e sexta fez um mês de conquista. Precisamos usar desse espírito de vitória, esse caneco levantado pra tirar essa zica do Brasileiro.

Nós do Arquibancada Palestrina, pedimos que façam o esforço máximo para ver o Verdão às 21h50 (horário de filho da puta) na Arena Barueri (estádio de filho da puta). E já que o horário não podemos mudar, vamos mudar o estádio. Continuem assinando e divulgando para todos os palmeirenses a Petição. Precisamos juntar mais assinaturas pra pressionar o B1 e o B2. #ChegaDeBarueri #ForzaPalestra

Anúncios

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em agosto 13, 2012 por em Twittadas Palestrinas.

(Publicidade Gratuita até 20/05/14) #AvantiBasqueteSEP

@ArqPalestrina

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: