Arquibancada Palestrina

Um blog de Palmeirense de arquibancada

BOMBA: BASQUETE PODE ESTAR COM OS DIAS CONTADOS

Pois é. As suspeitas que tínhamos de que nosso basquete poderia acabar parecem mesmo que serão confirmadas. Já havíamos postado aqui no blog que  havia dúvidas no ar quanto à manutenção do time principal, com o post “Dia de basquete: hora do agradecimento e dúvidas no ar“. Ali, após uma conversa com Guto, eu e Marcelo ficamos muito preocupados. Ao fim da temporada, os jogadores, pelo Facebook, nos confidenciavam que as notícias eram das piores. Nos jogos de salão, a mesma história de que o futsal principal corre risco de acabar. Outros esportes como o Boxe, pedem por patrocínio.

Hoje fui ao Palestra para acompanhar o basquete sub-16 contra o Pinheiros, aliás, uma vitória brilhante da nossa molecada, por 83 a 78. No entanto, o que era para ser uma noite de alegria se transformou em uma noite de pesadelo. Os comentários no ginásio davam conta de que o time de basquete principal vai acabar. 

Isso mesmo, Palmeirense. Pelo que consta, o sr. José Carlos Brunoro, isso mesmo, nosso CEO, mandou avisar que o Palmeiras não tem patrocínio para o basquete e o time deve encerrar suas atividades dia 15 de maio. E agora, amigos, chegou a hora de não abaixar a cabeça. Chega dessa merda, sr. CEO, chega dessa merda sr. Paulo Nobre. Vocês podem vender o Barcos, podem contratar assessoria Gambá, podem não conseguir comprar passagens para o México, podem demitir o Finelli e o Gallupo (não, na verdade não podiam, mas ok, já foi), podem até dar poder ao Sapo-Boi. Mas acabar com o basquete, não senhores.

Estou absolutamente revoltado com o que ouvi hoje no Palestra. Meu estômago está doendo, perdi até o tesão de ir para a Vila Belmiro. Dizem que o Brunoro é o cara, que ele faz e acontece, que até trouxe um X-Games para Foz de Iguaçu, inclusive deixando de trabalhar no Palmeiras para ir para Foz acompanhar seu antigo empreendimento. Parte do contrato, ok. Mas quem consegue trazer um X-Games para Foz do Iguaçu, tem que ter competência para arrumar um patrocínio para o time de basquete do Palmeiras.

Paulo Nobre e Brunoro, sabem porque vocês querem acabar com o basquete? Não é pela falta de grana, não. É por que você não tiveram a decência de acompanhar um jogo do nosso time, com o ginásio bombando, nego cantando sem parar, sem violência, com família e criança falando palavrão e gritando em defesa das nossas cores. Se vocês fossem Palmeirenses mesmo, largavam a merda da caneta que tanta asneiras está fazendo e sentavam nas arquibancadas do ginásio para ver o Palmeiras jogar: basquete, futsal, adulto e base. Como nós fazemos.

Mas, não. O “apaixonado” por esportes, José Carlos Brunoro, não tem tempo, não se digna a ver um joguinho sequer de nossos esportes de ginásio, que estão levando à loucura o nosso torcedor. Paulo Nobre também não tem tempo para acompanhar nosso basquete e nosso futsal. Está muito ocupado dando camisa do Palmeiras para o Hulk em viagem da seleção gambá de futebol nacional. Por isso, só por isso, vocês não estão doando cada segundo da vida de vocês para arranjar um patrocínio para o nosso basquete.

Essa dupla mal sabe da importância de cada partida (basquete ou futsal) para o futuro do Palestra. E quando falamos de futuro não é aquele futuro próximo, da curta duração. Não é do futuro do campeonato ou da temporada. Falamos de um futuro mais tardio. O futuro da Sociedade Esportiva Palmeiras, tratando-a como um todo. Como deve ser tratada: como uma Sociedade. Falamos das crianças e dos jovens que frequentam esse Ginásio de tamanha magnitude. Em posts anteriores, já falamos sobre esse fenômeno: a relação que as crianças criam com cada jogador do Palmeiras fazem com que o amor, a paixão, a vontade, a luta e o apreço pela Sociedade Esportiva Palmeiras, se multiplique de maneira astronômica. O pós-jogo pros jogadores do Palmeiras no Ginásio do Palestra, não se trata de atenção para a imprensa, mas sim para a torcida que acompanha o time e, em especial, para cada criança presente. Essas crianças sabem, muito mais que os Srs. Brunoro e Nobre, que não se trata de um F.C. qualquer, mas sim de uma Sociedade Esportiva. E são essas as crianças que vão carregar o futuro do nosso Alviverde Inteiro para as gerações posteriores.

Faço aqui um apelo a todos os Palmeirenses que acompanham este blog ou que se apaixonaram pelo nosso basquete e por jogadores que deram todo o sangue que puderam dar. Um apelo a todos os Palmeirenses que se apaixonaram por cada criança, por cada sorriso que coloriu nosso ginásio em uma das arrancadas mais impressionantes de um time estreante na NBB. Um apelo para aqueles que se emocionaram com a garra de Tiagão, com as enterradas de Marcão, com a ginga de “El Mago” (o verdadeiro) Caleb Brown, com as arrancadas e enterradas de Wiggins, com o poder de Tyrone, com as bolas de três de Guto e Scaglia, com os dribles e a atitude simples e de craque do menino Pecos, com o futuro de Wesley Sena e Léo, com a vibração de Jordan, Lino, Caio, Rod e Colonese. Faço um apelo para que disseminem essa mensagem por toda a comunidade Palmeirense. E junte-se a nós para que consigamos sensibilizar nosso presidente e seu manager. A luta será contínua. Ainda não sei bem como, mas nos próximos dias vamos nos mexer. E contamos com todos vocês.

Agora faço aqui um apelo também, não só aos Palmeirenses, mas para toda a comunidade do basquete. Todos os jogadores e técnicos da NBB sabem que a liga sem o Palmeiras perde, e muito. Os caras são basqueteiros e eles gostam de jogar em ginásio cheio, contra ou a favor. Eles sabem que quando vêm ao Palestra, têm que lidar com o sexto jogador, que é pressão, é um ingrediente a mais na competição. Para atletas de alto nível, isso é o combustível. Leiam o post da nossa vitória contra o Joinville. Vejam o que Vitinho falou da nossa torcida. Pergunte ao Rinaldo e ao Soró, da Liga Sorocabana, ao Diego, ao Demétrius, ao Alemão e ao Matheus, do Limeira, ao Guerrinha, do Bauru, ao Helio Rubens, do Uberlândia. Perguntem a todos os que enfrentaram o Palmeiras no Palestra no 2° turno como somos um ingrediente diferente para a competição. Disseminem esta mensagem. Vamos ajudar a manter acesso esse time que traz um ingrediente de paixão a mais para essa NBB, tão legal de se assistir.

A nós, Palmeirenses, cabe a tentativa de sensibilizar nossos dirigentes. Eu não vou me conformar. Quero ver meu Palestra cheio de crianças, cheio de jovens, cheio de gente fazendo daquilo um inferno verde. Quem puder ajudar, de qualquer forma, ajude. Vamos invadir as redes sociais, vamos mandar e-mails para o site, vamos fazer o que pudermos. Peço a ajuda de todos, todos mesmo. Todos aqueles que ajudaram a construir essa caminhada e todos aqueles que quiserem se unir. Pelo bem do Palmeiras. Somos uma Sociedade Esportiva.

Por favor, Brunoro, Nobre. Percam uma hora do dia de vocês e leiam um pouco sobre nosso basquete, já que falta tempo, ou disposição, a vocês para estarem in loco para acompanhar o exercício de palestrinidade que ali acontece. Não vamos sossegar, não vamos nos calar. E vamos pressionar. Muito. Muito mesmo. Agora vocês pegaram pesado com a torcida.

Aos jogadores do Palmeiras: nós estamos com vocês. E vamos mostrar que a força do sexto jogador não se resume apenas ao apoio na quadra. Vamos reverter essa situação. Vocês merecem e voltaremos mais fortalecidos que nunca.

João Malaia (@ArqPalestrina)

Anúncios

20 comentários em “BOMBA: BASQUETE PODE ESTAR COM OS DIAS CONTADOS

  1. Arthur Pedro
    abril 26, 2013

    Eu fui em alguns jogos do Basquete do Palmeiras e tive a honra de conhecer cada um deles, uma mais humilde que o outro. Primeiros jogos, casa vazia, quase ninguém sabia dos jogos. Logo depois com a ajuda de alguns torcedores,tanto comum quanto de torcida organizada tais como a Tup e a Pork’s que ajudou e muito na divulgação dos jogos, a casa foi enchendo, torcedores foram pegando gosto de ver esses jogadores suando muito para honrar nossa camisa que mesmo sem patrocínio e sem a mídia conseguiu fazer uma belíssima campanha na primeira disputa pela NBB. Esses mesmos jogadores demonstraram que não precisam de mídia e muito menos patrocínio para progredir e sim de apoio único e exclusivo do Palmeiras. Por isso faço aqui também meu apelo para que todos divulguem essa mensagem e que possamos alcançar um resultado bom para que todos, inclusive o Sr Brunoro e Paulo Nobre vejam a merda que eles estão prestes fazer.

  2. Matheus Trunk
    abril 26, 2013

    Assino embaixo tudo que você colocou João. Os jogos no ginásio foram momentos únicos para toda a família palestrina. E ainda por cima como você salientou, era um evento familiar com crianças, senhores de idade. Os senhores Brunoro e Paulo Nobre estão cometendo um crime contra a Sociedade Esportiva Palmeiras e sua coletividade. A gestão anterior errou e errou feio em muitas questões. Mas pelo menos eles manteram o basquete. E agora, esses senhores chegam e acabam com a ÚNICA COISA BOA da gestão anterior. Prejuízo com os atletas do basquete (pessoas simples, humildes e comprometidas com a camisa do clube) o clube tem? Mas o PREJUÍZO do Valdívia? GAranto que um mês do Valdívia paga um ano todo do basquete fácil, fácil. Sou um cara controlado, mas não me conformo com isso: estão cometendo um crime contra a Sociedade Esportiva Palmeiras, sua bandeira e sua história.

  3. claudio eduardo bellizia romani
    abril 27, 2013

    ESTOU SENSIBILIZADO COM ISSO TUDO! O PALMEIRAS SEMPRE FOI UM GRANDE CLUBE NOS ESPORTES AMADORES..QUE DEPOIS ATÉ SE PROFISSIONALIZOU…ENFIM…
    FUI ATLETA NOS ANOS 70 NO FUTEBOL DE SALÃO,,,E ERA IMPRSSIONANTE COMO EM TODOS OS GINÁSIOS QUE ÍAMOS JOGAR, ÉRAMOS RESPEITADOS E ADMIRADOS….TEMIDOS,,POR GANHARMOS TODAS A S CATEGORIAS,,,DO FRALDINHA AO PRINCIPAL…
    O BASQUETE ERA FORTÍSSIMO,,,..O OSCAR COMEÇOU ALI, NAS BASES…
    ÉRAMOS AMIGOS DOS JOGADORES E NOSSOS ÍDOLOS OS MAIS VELHOS,,LEMBRO ATÉ HOJE O TIME TITULAR,,,,ERA ARI, CARIOQUINHA, ZÉ GERALDO, GONZALES E GHERMAM(ARGENTINOS)….AINDA COM CURTIS E HILL, DOIS NEGROS AMERICANOS, SENSACIONAIS,,,ADIVINHEM SE ESTE TIME FOI CAMPEÃO???

  4. Fernando Galuppo
    abril 27, 2013

    Joao, estamos juntos nessa luta..

  5. Vitinho Bauru
    abril 27, 2013

    Pelo amor de Deus , o basquete do Palmeiras não pode parar …Em pouco tempo , o time se tornou respeitável e porque não temível pelos adversários .o Palmeiras faz parte da Elite do basquetebol brasileiro e suou muito para chegar nessa posição . Hoje existem mais de 40 equipes ( inclusive clubes grandes de Futebol )por todo o Brasil querendo estar no NBB e o Palmeiras não pode simplesmente acabar com o basquete .

  6. siro casanova
    abril 27, 2013

    Minha opinião é que o clube TEM QUE TER PATROCÍNIO .
    Como um clube com 16 milhões de torcedores não tem patrocínio ?
    Se não conseguem então o que adianta ter o Departamento de Marketing com seus funcionários que recebem e bem para justamente conseguirem o que precisamos. Se não conseguirmos patrocinadores para nossas equipes Olímpicas
    temos então que repensar nos funcionários que lá trabalham .

  7. Maeli
    abril 27, 2013

    Meu Deus! Que merda esses caras querem, eu não moro na capital e nem em São Paulo, mesmo assim sou sócio torcedora só pra ajudar o clube e os caras me fazem uma dessa! Se esses caras não pararem com essa palhaçada vamos tirá-los de lá! O Paulo Nobre quer elitizar o Palmeiras, mas não quer trazer patrocínio para os demais esportes, fala sério, de merda já tinhamos o bananone.

  8. Ícaro
    abril 27, 2013

    Eu concordo com a atitude de Paulo Nobre e Brunoro, tudo tem que ser auto susstentável, nao da para colocar dinheiro do futebol no basquete!

    • arquibancadapalestrina
      abril 27, 2013

      Ninguém aqui tá pedindo dinheiro do Futebol para o Basquete. A função do Brunoro é arrumar patrocínio para o Basquete e isso ele nao tem feito.

  9. Liber1999
    abril 27, 2013

    Tomara que acabe mesmo,só dá prejuízo,de forma que ou se torna autossustentavel ou não faz falta,quero um TIME DE FUTEBOL,decente.

    • arquibancadapalestrina
      abril 27, 2013

      Todos queremos time de futebol decente. Uma coisa não interfere na outra. Não estamos pedindo para que o dinheiro do futebol vá para o basquete. Só queremos que o time de basquete continue vivo. Ele tem uma função muito maior do que aparenta ter

    • Mario Sergio Bigongiari
      abril 27, 2013

      Colocar dinheiro no time de futebol para que??? Fazer a merda que fizeram hoje contra o Santos? Manter um time de maricas que não tem capacidade para ganhar um jogo? E ainda por cima, perdem penaltis? Faça-me um favor! Não fale besterias e vá assistir uma partida de basquete para entender do que se trata. E depois venha escrever aqui.

    • siro casanova
      abril 28, 2013

      SOU PALMEIRENSE POR CAUSA DO FUTEBOL , OBVIO !!! MAS TAMBÉM SOU PALMEIRENSE NO BASKET , NO JUDO , NA BOCHA ,E NAS OUTRAS MODALIDADES E PAGO AS MENSALIDADES NO CLUBE E SOU SÓCIO HÁ 61 ANOS! PREJUÍZO É NÃO TERMOS PATROCÍNIO !!! SE ACABAREM AS MODALIDADES OLÍMPICAS NO CLUBE , PARA NÃO TER PREJUÍZO , SERÁ MELHOR FAZER UMA PIZZARIA NA ARENA PARA DAR LUCRO.

  10. Sergio Mendonca
    abril 27, 2013

    Amigo depois do rebaixamento para a Série B, este seria o fim da única alegria que os torcedores do Palmeiras ainda possuem. Pois a vibração nos jogos da equipe de basquete é igual as grandes vitórias conseguidas pelo futebol.
    Como já havia afirmado a amigos este Sr. CEO é o famoso 171 do futebol brasileiro, só consegue desenvolver alguma trabalho onde se tem muito dinheiro, sem dinheiro ele com toda a pose e igual a qualquer um de nós.
    Salvo engano foi contratada pelo playboy do Paulo Nobre um equipe de marketing profissional, ou seja recebendo salários, que teria por obrigação desenvolver um trabalho no sentido de conseguir patrocinadores para o clube, seja lá em qual esporte for.
    Infelizmente o Palmeiras é o único clube do mundo que tem fã-clube do Presidente e do Diretor, blindando as besteiras que estão fazendo.
    Mesmo assim, vamos nós unir no sentido de manter a equipe de basquete, estou junto nesta luta.

  11. arquibancadapalestrina
    abril 28, 2013

    Um tal de Edu, que deve ser um gambá de merda, quer que eu poste o comentário dele aqui no blog. Se você colocar seu sobrenome, facebook, twitter e e-mail, eu posto.
    Aliás, se você me acha um boçal e debio mental, não deveria perder tempo lendo este blog. Siga sua vidinha de merda.

  12. Léo Souza
    abril 29, 2013

    Entendo toda essa revolta, mas temos que parar pra pensar um pouco. Eles estão priorizando o futebol, e com toda razão. É o que a MAIORIA dos torcedores e conselheiros quer. Inclusive, umas das principais revindicações da torcida é a reforma estatutária, que separaria o futebol das demais diretorias, justamente por ser o carro chefe.

    Imagine se sai a notícia de que “Brunoro só pensará em contratar um reforço para a Libertadores após conseguir patrocínio para o time de basquete”. A revolta seria MUITO MAIOR, não seria?

    Claro que utopicamente, o ideal seria ele se dedicar a tudo isso e conseguir resultados nas duas frentes (futebol e esportes olímpicos). Mas, trazendo pra vida real, o cara uma hora vai ter que estabelecer prioridades, e estas TÊM de ser em relação ao FUTEBOL.

    O patrocínio da Kia era só até o final do Paulistão, que acabou neste sábado para nós. Então, enquanto o futebol estiver sem patrocínio, acho que na opinião da maioria, a prioridade deve estar ali.

    Acho que tudo o que o Palmeiras menos precisa agora é esse papo de “somos do basquete e o Brunoro não nos representa”. Vamos confiar no trabalho dos caras…

    • arquibancadapalestrina
      abril 29, 2013

      Léo, respeito sua opinião. No entanto, vejo de maneira diferente. Acho que se times como Suzano, Tijuca, Mogi, Basquete Cearense e outras babas conseguem patrocínio para jogar, nós também deveríamos conseguir patrocínio para o basquete. Cada esporte tem que ter sua verba. O time do Real Madrid tem basquete, mas seu patrocínio e diferente do futebol. O mesmo se passa com o Barcelona. Dá para manter todas as modalidades sem misturar as coisas.

  13. Roberto Faria
    abril 29, 2013

    João,

    Acompanhei quase todos os jogos do time este ano! Foi muito legal ver que aos poucos a torcida foi enchendo o ginásio e com muita garra, foi o sexto jogador nas nossa batalhas..
    Como voce bem disse, tinhamos crianças, senhoras, familias interiras que “deciam o morro” para participar da festa!
    O Paulo Nobre ainda tem meu voto de confiança, pois com certeza deve ter pego um Palmeiras cheio de problemas das mais diversas grandezas… infelizmente as gestões anteriores devem ter causado um grande estrago na nossa casa!
    De qualquer maneira é inconcebivel ver varios times sem representatividade conseguirem bons patrocionios e nós não. Será que as gestões anteiores tiraram de nós até a nossa dignidade?!?
    Enfim… estou contigo! Demoramos tantos anos para conseguir montar um time competitivo e voltar (pela porta da frente) a elite do basket nacional , para jogar isso no lixo!
    Só o gasto anual com o Valdivia, pagaria todas as despesas anuais de todo departamento.
    Não me conformo com esta hipótese!

    • arquibancadapalestrina
      abril 29, 2013

      Roberto, esse é exatamente o ponto. A diretoria precisa agir em várias frentes. Futebol é futebol e precisa ser pago com as receitas do futebol. Basquete é basquete e precisa ser pago com recursos obtidos pelo basquete. Vende toda a camisa. Coloca 6, 7, 8 patrocinadores, vende espaços no ginásio, cobra ingresso de 5 reais. Algo deve ser feito para se conseguir recursos para o basquete e para o futsal.

      • Roberto Faria
        abril 30, 2013

        é isso aí!!!
        Vai ter uma manifestação amanhã em relação a este fato?

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às abril 26, 2013 por em Basquete Palmeiras e marcado , .

(Publicidade Gratuita até 20/05/14) #AvantiBasqueteSEP

@ArqPalestrina

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: