Arquibancada Palestrina

Um blog de Palmeirense de arquibancada

#AvantiFutsalSEP: CLASSIFICADOS

Por João Malaia (@ArqPalestrina)

Foto: Maurílio Sampaio

Foto: Maurílio Sampaio

Segunda-feira, 20h. Dois dias depois do Palmeiras perder em casa, para o America-MG, em plena série B. Chovendo. Frio.

Mesmo assim, alguns torcedores do Palmeiras sabiam que a dureza do prélio não tardava. Era dia de decisão pela Liga Paulista de Futsal. Jogo de volta das oitavas de final dos playoffs contra o São Caetano, o time do presidente da Liga, o Laércio. Na ida, 3 a 0 para os caras, com direito a anulação de um gol legítimo. Na volta, precisávamos de uma vitória simples, com um empate na prorrogação.

Uma galera se mobilizou. Através das redes sociais, fomos divulgando, desde que soubemos que jogaríamos contra o São Caetano. O jogo da fase de grupos já havia sido um inferno aqui na Arena. Teve um torcedor que deu um tapa em um jogador do São Caetano, teve gente retirada, jogador do São Caetano (Vitão…ah, o Vitão) querendo agredir um torcedor nosso. Enfim, o bicho pegou.

Em São Caetano, já pela ida dos playoffs, como escrevi, foi aquela coisa. Aliás, gostaria de colocar aqui que Robson foi bem expulso. Realmente deu um soco no jogador do São Caetano.

Nesta segunda-feira, sabíamos que precisávamos colocar bastante gente na Arena, para a arbitragem nem sonhar em fazer besteira. E rolava, além das redes sociais, a famosa intimada: o Palmeiras precisa de você. E a galera esqueceu que era segunda à noite, que estava frio, que estava aquela garoa paulistana. Só lembraram que era Palmeiras. Que aqueles que envergavam nosso manto precisavam de nós. Na nossa casa. Na nossa linda Arena.

Levamos bandeiras, faixas de apoio e muita disposição para cantar o tempo todo, para vaiar o adversário, para xingar os jogadores do São Caetano no banco. Xingar mesmo, falar um monte pros caras, chamar o time deles de lixo, de dizer que os caras não tem vergonha na cara de jogar no time do presidente da liga, de um time que só está ali por causa do Laércio e da roubalheira da arbitragem.

Chamar o cara de perneta, vagabundo, cachaceiro, gordo. morfético, cabeçudo. Fora que tinha um tal de Camarão no banco deles que tinha aquela franjinha com gel, sabe? Aquele cabelinho todo curto, mas com uma franjinha topete, manja? Então, grande camarada meu, o Rafão, define esse cabelinho como “alça de boquete”. Para mim, a definição perfeita. Pra quê… Quando vi o tal de Camarão, foi alça de boquete o jogo inteiro pra ele.

Mas a vítima da noite não foi o Camarão e seu cabelinho de alça de boquete. A vítima da noite era Vitão, o capitão do São Caetano, acima do peso, com cara de cachaceiro. E pior: gambá. É que a gente só soube disso após o jogo, de um jogador do Palmeiras. Se não, teria sido pior.

Vitão foi o jogador que partiu para cima de um torcedor no final do jogo. E vou dizer. Hoje, o cara está de parabéns. Não pelo que jogou, até por que não jogou porra nenhuma. Está de parabéns ele e todos os jogadores do São Caetano, por não entrarem na pilha dos torcedores. Zoamos os caras demais. E eles foram profissionais. Jogaram bola e quase não deram bola para a torcida. Quase por que não tem como não dar bola. Outro xingado foi o Portuga, o Caio, o Douglinhas, o Japa, o Sorocaba. Adoro essa regra de colocar o nome dos caras na camisa. Assim dá para achincalhar o cara pelo nome, ou melhor: pelo apelido.

Foi assim o jogo todo. Enquanto atacávamos, a torcida cantava. Quando éramos atacados, a torcida vaiava. No tempo técnico, zoeira total atrás do banco. Quando a coisa esfriava, era hora de xingar os caras.

É jogo. É jogo do Palmeiras. É coisa séria. Vale tudo, dentro do permitido, para desestabilizar. Eu falo um monte mesmo. Eu acredito nisso. Eu acredito que se eu falar um monte, além de cantar, vaiar, eu posso desestabilizar um cara. Um cara já tá bom. Por alguns segundos que sejam. Por uma fração de segundo que seja.

Por isso, eu falo um monte mesmo. Chamo o cara pelo nome mesmo.

Foto Janaína Fervorini

Foto Janaína Fervorini

Com essa vibração toda, o Palmeiras foi com tudo pra cima do São Caetano. O 1 a 0 saiu logo nos primeiros minutos, com um gol contra do São Caetano. Depois, Dengue fez o 2 a 0. Antes do intervalo, o São Caetano diminuiu, em chute de longe de Portuga, se não me engano. A bola passou por baixo de Erick. Mas ele não se abalou. O 2 a 1 era bastante perigoso, pois os caras jogavam pelo empate. Veio o intervalo. A torcida cantando para os jogadores na saída para o vestiário.

Vieram com tudo para cima da gente. E tomaram bola nas costas. Dengue, em linda jogada fez o 3 a 1. Mais tarde, Erick deu uma bomba lá da nossa área, Jhow apareceu pelo caminho e desviou para o 4 a 1.

A partir daí, o São Caetano fez duas coisas. Primeiro colocou todo o time reserva. Deixou os principais jogadores no banco, como Japa, Portuga, Douglinhas e Vitão. Depois, voltou com todos e com goleiro-linha, Vitão de goleiro-linha. Jogaram muito tempo assim no segundo-tempo. Principalmente por não terem nada a perder no tempo normal e precisarem encontrar os buracos na defesa, em caso de prorrogação.

Em uma dessas jogadas, os jogadores do São Caetano aceleraram muito a bola e Renatinho se descuidou da marcação no meio. Abriu espaço para a bomba de Caio, do meio da rua, no ângulo de Erick. Renatinho levou uma bronca feroz do nosso goleiro. Mas Renatinho é garoto. Falhou, mas bola para a frente. Joga muita bola.

Com o 4 a 2 no placar, o Palmeiras continuou se defendendo e metendo gols no contra-ataque. Primeiro com Jhow, depois com Emerson. Ou ao contrário. 6 a 2. Final de jogo. Prorrogação.

Dois tempos de 5 minutos. No 1° empo, nada de muito anormal. No segundo, Vitão de goleiro linha e pressão total do São Caetano. Erick fez pelo menos 4 defesas importantíssimas, daquelas da bola explodir no peito, na perna, no pé. Uma delas, faltando 2 segundos para o fim. Estava garantido o 0 a 0 e a classificação para as quartas de final.

Quero agradecer aqui muito ao Enrique e ao Flavinho. Vocês sabem por que. Sem a ajuda e a confiança de vocês, não poderíamos ter apoiado o Palmeiras como apoiamos hoje. Só eles sabem a bucha que seguram por conta de nossa torcida estar visada.

Agradecimento também, enorme, aos jogadores e à comissão técnica. Galera, os caras davam carrinho na grade, em cima do banco dos caras, do nosso banco. Correram muito. Se doaram. Se entregaram. Foram, acima de tudo, Palmeiras.

E o agradecimento à torcida que canta e vibra. Ao torcedor e à torcedora que compareceram ao ginásio hoje. A Família Palestrina estava reunida hoje. Havia garotos do futsal e do basquete. Nossos guerreiros do basquete sub-19, o capita Léo, Irwing, João Pedro e André estiveram lá. Estiveram lá meninos do futsal sub-17 nos cobrando para irmos apoiá-los sábado, contra os gambás. Meninos do sub-9, acompanhados de seus pais estavam lá. Nosso conselheiro Tarso Genro e Claudio Longo, ambos do Famiglia Palestra TV estavam lá. Pepe Reale e Fernando Galuppo estavam lá. Bruno, com seu filho lindo, estava lá. Os técnicos do futsal sub-17 e sub-20 estavam lá. Ricardo, Janaína e seus dois filhos maravilhosos estavam lá. Havia gente com camisa da TUP, da Mancha, da Savoia (esta com uma faixa e uma bandeira).

Guto, nosso ala do basquete, também estava lá e até postou uma foto do ginásio.

Até Guto, ala do basquete esteve lá

Até Guto, ala do basquete esteve lá e postou esta foto.

Também estavam lá Caio, Samir e seu irmão, Vanessa, Gui, Jéss, Léo, Igor e tantos outros. Uma reunião que só fortalece nossa sociedade esportiva. Que une mais e mais os torcedores.

Ali não tem “turminha do basquete”, nem “turminha do futsal”. Ali estava a Família Palmeirense em sua mais pura e bonita forma. Lutando por aqueles que lutam por nós.

Foto: Maurílio Sampaio

Foto: Maurílio Sampaio

______

Confira as entrevistas de Murilo e Dengue ao final da partida.

______

Só na seta-feira saberemos nosso próximo adversário. Podemos pegar SPFW, AABB, Orlândia (os menos prováveis) ou os gambás (o que tem maior chance de acontecer). Palmeiras joga a primeira em casa e a segunda fora.

Anúncios

3 comentários em “#AvantiFutsalSEP: CLASSIFICADOS

  1. Kleber M
    junho 4, 2013

    Que maravilha! Dá muito orgulho!

  2. Alek
    junho 4, 2013

    E o sub 9 tb estava presente rsss

    • arquibancadapalestrina
      junho 4, 2013

      É mesmo, Alek!! Com camisa #AvantiFutsalSEP e tudo! Desculpe esquecer de mencioná-los. Vou corrigir agora!

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em junho 4, 2013 por em Futsal Palmeiras.

(Publicidade Gratuita até 20/05/14) #AvantiBasqueteSEP

@ArqPalestrina

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: