Arquibancada Palestrina

Um blog de Palmeirense de arquibancada

Quartas de final do Paulista sub-17: PALMEIRAS 3 x 3 sccp

Por João Malaia

17

Provavelmente, você que lê este blog de vez em quando, estará esperando um Tweetadas Palestrinas, um pós-jogo da derrota de ontem, ou algo do tipo. Mas venho buscando divulgar o que acontece nos outros esportes do Palmeiras, principalmente basquete e futsal, tanto no principal, quanto na base. E são dois motivos: eu amo o Palmeiras demais e quase ninguém liga para atletas que honram a camisa do Palmeiras em outros esportes.

Hoje escrevo sobre um jogo que me emocionou na tarde de ontem. Um jogo que fez com que eu deixasse de lado o jogo no campo para me entregar em uma quadra da Zona Leste, arrastar meu filho que mora no Rio de Janeiro comigo e viver uma experiência que foi única. Eu tenho fé que torcedor, presente no local de jogo, pode alterar o resultado de uma partida, pode influenciar no emocional de um jogador, ou seja, pode transformar uma história, alterar seu rumo.

Que diferença faria eu hoje, em frente a uma TV, vendo o Palmeiras jogar contra o Sport? Nenhuma. Mas em um ginásio da cidade de São Paulo eu faria. Eu e meu filho. Eu, meu filho e mais uma galera que pensa assim. Ainda mais jogando contra eles.

A semana toda nos preparamos para ajudarmos de qualquer maneira a molecada do sub-17. Tratava-se de uma eliminatória, do 1º jogo das quartas de final do Paulista sub-17. Um Palmeiras x gambás. Meu primeiro Palmeiras x gambá em outra modalidade que não o campo. O primeiro Palmeiras e gambá de meu filho, em qualquer modalidade.

Os gambás são o segundo colocado na tabela e o Palmeiras é o 5º, somados todos os jogos, inclusive os das oitavas de final. Os gambás tem um time muito bom, principalmente na parte tática. Tem também a segunda melhor defesa e o 2º melhor ataque da competição, com 70 gols em 13 jogos. O Palmeiras também tem um time muito forte. Tem a melhor defesa do campeonato. Até ontem, havia levado somente 19 gols em 13 jogos. O sistema ofensivo também funciona muito bem, e a equipe já havia marcado 65 gols até ontem.

Por estar melhor colocado na tabela, os gambás tem uma vantagem: jogam por dois empates no tempo normal e na prorrogação do segundo jogo. Caso uma equipe vença um jogo e a outra vença a segunda partida, os gambás jogam pelo prorrogação empate na prorrogação. Pessoal adora complicar no regulamento.

Um detalhe: todos os jogos das categorias menores (sub-9 ao sub-17) jogam nos dois ginásios da Federação Paulista de Futebol de Salão. Cada final de semana são jogos de todas as categorias e agora, todos estão nas quartas de final. E os gambás estão em quase todas as categorias, assim como nós. Só que o ginásio fica na Zona Leste, muito próximo à sede deles, local conhecidamente de população majoritariamente gambá. Por isso, havia muito gambá lá. O fato de haver jogo deles no campo, no Pacaembu fez com que não fossem tantos assim. Mesmo assim, era bastante gente.

Antes do jogo, pudemos acompanhar nossos meninos do sub-9 empatar em 3 a 3 com os bons meninos do São João. E vale frisar que muitos meninos do sub-9, acompanhados de seus pais, ficaram esperando mais de uma hora após seus jogos para acompanhar o sub-17.

O jogo foi eletrizante. O Palmeiras abriu o placar com Fernandes. Após a cobrança de falta, a bomba explodiu na barreira e a bola sobrou de novo para ele que fuzilou o goleiro. Delírio nas bancadas e festa da molecada. Fernandes atravessou a quadra para ir se jogar no alambrado no meio da torcida do Palmeiras. Depois todos os demais jogadores estavam ali também.

Os gambás empataram um pouco depois, numa bobeira da nossa defesa. A bola sobrou para Lucas que fez o gol e ao invés de correr para comemorar com a torcida deles, correu para a nossa e fez aquela comemoração que Ronaldinho fez contra o Cruzeiro, como se jogasse uma granada em nossa torcida. É impressionante como esses caras se preocupam com a gente. A comemoração dos dois primeiros gols da partida foram exemplares nesse sentido. Os dois jogadores correram para a nossa torcida. O detalhe é que um gol foi nosso, o outro deles.

Falando em torcida, exemplar a atuação de nosso diretor de futsal ontem, o Enrique. A gambazada levou instrumentos de percussão e ele fez com que os caras não os usassem. Cobrou os diretores da Federação e a arbitragem o tempo todo.

Após o intervalo, o Palmeiras teve uma pane. Em duas falhas seguidas, os caras fizeram 2 a 1 e depois 3 a 1. Comemoraram à nossa frente, dançaram e tudo mais. A torcida deles cantou uma, duas músicas e parou. Aliás, ficou a maior parte do tempo em silêncio. Após o 3 a 1, Marcelo, diretor da base do futebol de campo, Palmeirense alucinado como todos nós, veio até mim e cobrou: “Joca, tá na hora de incendiar essa arquibancada! Os moleques se incendeiam, eles são sangue nos olhos!”.

E aí começamos a berrar mais alto, a tirar forças de qualquer lugar. Em segundos, a galinhada estava em silêncio e a molecada do Palmeiras foi pra cima. Fez o 3 a 2, com Yago. “O Palmeiras é o time da virada! O Palmeiras é o time do amor!” Molecada se incendiou. E o terceiro gol não demorou a aparecer. O 3 a 3 veio com Penayo, para delírio das arquibancadas. Na comemoração, Penayo correu para nossa torcida, ficou de costas para nós, cruzou os braços e encarou todo mundo. Como que se protegesse a torcida das “granadas” alheias. Depois, fez a dancinha comemorando.

A torcida não parava de berrar e o 4 a 3 só não veio por que o goleiro dos caras pegou uma bola cara a cara, faltando menos de 2 minutos para o fim.

Diga-se também que Giovanni, nosso goleiro pegou tudo e mais alguma coisa. Que nossos jogadores tiraram bolas em cima da linha e tudo mais. Mas a bola do jogo, da virada, foi nossa. E esse foi o sentimento de torcida e jogadores. Podemos ganhar deles.

Ao final da partida, todos os jogadores vieram abraçar os torcedores do Palmeiras. Fernandes veio em nossa direção, bateu no peito, mostrou o símbolo e disse “Aqui é Palmeiras!”

Palmeirense, você que nos lê, não perca no próximo domingo, a decisão das quartas. Não há rodada do futebol de campo e é bem provável que a gambazada invada o recinto. Precisamos auxiliar nossos jogadores, incentivar nossos atletas e não deixá-los sozinhos lá. Sozinhos eles sabem que nunca estarão. Mas quantos mais de nós estivermos lá, melhor.

Como disse o Marcelo, essa molecada tem a torcida como gasolina.

Queria dar meus parabéns a todos os meninos do futsal, comissão técnica e diretoria. Ontem, vocês proporcionaram momentos inesquecíveis para mim e para meu filho. Carioca, tem 10 anos e precisa aprender o que é um Palmeiras e gambá.

Aliás, para terminar, deixo aqui as palavras dele, uma resposta que me deu quando falávamos do jogo. Comentou que adorou, que ficou impressionado com a raça dos meninos. “E a torcida deles, filho?”, perguntei eu. A resposta dele “Ridícula. Não cantou nada. Só cantou uma musiquinha depois de cada gol e antes do jogo ficaram gritando segunda divisão para nós. No resto do tempo ficaram em silêncio. Ridícula”.

Sem mais.

Anúncios

2 comentários em “Quartas de final do Paulista sub-17: PALMEIRAS 3 x 3 sccp

  1. rudy pracidelli
    junho 9, 2013

    Joca …. venho aqui em nome de toda a comissão técnica e jogadores agradecer tudo oque vocês tem feito por nos e pelo Futsal do Palmeiras. São pessoas como vocês que nos dão forças para superar todas as dificuldades sempre com o objetivo de fazer um Palmeiras cada vez maior. Temos trabalhado forte nesses últimos seis meses e posso te garantir que estamos preparados para enfrentar qualquer que seja o adversário. Nunca trabalhei com um grupo tão bom e tão focado com a vontade de ser campeão, eles já estão marcados na minha vida e na minha história agora vamos fazer nossos nomes serem gravados na história do Palmeiras. Essa semana vamos trabalhar forte pra domingo chegarmos na federação e amassar esses caras. Confio em cada um deles e garanto que eles vão dar a vida para ganhar esse jogo classificando o Palmeiras para as semifinais. Tenho muito orgulho de fazer parte desse time e poder honrar as cores do Palmeiras. #familiasub17tamujuntoateofim

    • arquibancadapalestrina
      junho 10, 2013

      Rudy, nós é que temos que agradecer cada momento que vocês estão nos proporcionando. E pode ter certeza que nos sentimos parte dessa família e sabemos que somos privilegiados por tomar parte nesse projeto.

      Estamos juntos, sempre!

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em junho 9, 2013 por em Uncategorized.

(Publicidade Gratuita até 20/05/14) #AvantiBasqueteSEP

@ArqPalestrina

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: