Arquibancada Palestrina

Um blog de Palmeirense de arquibancada

Fim do 1º turno do Paulista: balanço do basquete palmeirense

Por João Malaia (@jmalaia)

O basquete palmeirense vai bem no Paulista. Encerrado o primeiro turno da fase de classificação, podemos fazer alguns balanços preliminares. Dos primeiros 11 jogos, o Palmeiras venceu 7 e perdeu 4. O resultado é muito bom, mas das 4 derrotas, duas foram em casa. Uma para a poderosa equipe do São José, vice-campeã da NBB. A outra para o Mogi, na semana passada. Mas há um detalhe. Das 4 derrotas, duas aconteceram após a lesão de Tyrone Curnell.

Tyrone no banco. Ao seu lado os meninos da base: Lucas, Igor e Wesley. Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

Tyrone no banco. Ao seu lado os meninos da base: Lucas, Igor e Wesley. Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras tem o 2º melhor ataque da competição, atrás apenas do Paulistano. Mas temos também a 2ª pior defesa do torneio, à frente apenas do Jacareí, lanterna da competição. Precisamos melhorar nossa defesa. Isso é fato. Estamos no 5º lugar. Estaríamos classificados para os playoffs, mas não entre os 4 melhores. E as próximas rodadas serão muito duras e vão ser decisivas para a classificação final para os playoffs.

A tabela está muito embolada e com os resultados da rodada o Palmeiras caiu da 2ª para a 5ª colocação. E agora temos mais duas partidas fora de casa. A primeira é amanhã, contra a sempre forte equipe de Franca. Apesar do time do interior estar em 7º lugar, o apoio de sua fanática torcida tornará o trabalho bem difícil. E na próxima quinta-feira, enfrentamos o São José, 2º colocado, no Vale do Paraíba. Uma parada ainda mais complicada.

Nos últimos três jogos, tivemos duas derrotas e uma vitória. A primeira derrota foi para o Mogi, em casa. Depois, nos recuperamos contra o XV de Piracicaba, fora de casa, em grande partida de Wiggins e Neto. E nesta quarta-feira, sofremos um dura derrota contra o Paulistano. Dura por que tivemos o jogo nas mãos.

O Palmeiras começou bem a partida. O time entrou com Caleb, Neto, Wiggins, Sena e Átila. E o primeiro tempo foi um verdadeiro atropelo. Chegamos a abrir 20 pontos de vantagem. Mas na volta do vestiário, o Palmeiras parou.  Pecos, ex-Palmeiras, entrou no jogo e Dawkins, armador do Paulistano, em noite iluminada,  passou a acertar tudo o que lançava para a cesta.

Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

Enterrada de Átila. Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

A derrota veio, mas os jogadores não se entregaram. A torcida aplaudiu no fim e segue  confiante nas possibilidades do time. Aliás, alguns jogadores estão jogando um basquete de  muito bom nível.

Wiggins está jogando muito. Neto é outro que tem chamado a responsabilidade, assim como  Átila. Mas sem Tyrone, o Palmeiras perde uma de suas principais válvulas de escape. E nosso cuidado maior agora tem que ser com Caleb Brown.

Caleb Brown. Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

Caleb Brown na armação. Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

O armador do Palmeiras está jogando no sacrifício. Está com dores no pé e nas costas. Mesmo assim está jogando bem: contra o Paulistano, deu uma finta no jogador César que fez o cara cair de bunda no chão. Está  sendo usado praticamente o tempo todo. A temporada é muito longa e é preciso ter cuidado com as lesões. Perder um jogador como Caleb para os playoffs ou para a NBB vai nos complicar.

Sabemos que os jogos serão dificílimos. Mas confiamos no elenco do Palmeiras e na vontade e determinação dos jogadores. Esse é um quesito que sobra no basquete palmeirense. Vontade, determinação e apoio da torcida.

Vejam como está a tabela de classificação:

tabelaNo sábado, começa o 2º turno. O Palmeiras fará mais 11 jogos e precisa muito do apoio da torcida para vencer suas partidas em casa e buscar algumas vitórias fora também. Programe-se para as partidas do Palmeiras:

7/9, 19h, contra o Franca, em Franca;

12/9, 20h, contra o São José, em São José;

14/9, 16h, contra o XV de Piracicaba, no Palestra;

19/9, 20h, contra o Mogi, em Mogi;

21/9, 18h, contra o Bauru, no Palestra;

26/9, 20h, contra o Jacareí, no Palestra;

28/9, 18h, contra o Paulistano, no Palestra;

3/10, 20h, contra o Rio Claro, em Rio Claro;

10/10, 20h, contra o Limeira, em Limeira;

12/10, 18h, contra o Liga Sorocabana, em Sorocaba;

19/10, 18h, contra o Pinheiros, no Palestra.

Anúncios

Um comentário em “Fim do 1º turno do Paulista: balanço do basquete palmeirense

  1. siro casanova
    setembro 6, 2013

    BOA ANALISE JOÃO. TEMOS QUE MARCAR MAIS…

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em setembro 6, 2013 por em Uncategorized.

(Publicidade Gratuita até 20/05/14) #AvantiBasqueteSEP

@ArqPalestrina

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: