Arquibancada Palestrina

Um blog de Palmeirense de arquibancada

Discurso correto no momento

Por João Malaia (@jmalaia)

Nobre tem feito uma gestão que podemos chamar “pé no chão” no quesito compra de jogadores. Ao contrário dos procedimentos adotados para a contratação de profissionais da área da gestão do clube, nosso presidente foi bastante modesto nas despesas com contratações de jogadores de futebol. E ao final deste ano, seu discurso aponta para a manutenção deste modelo.

Em suas entrevistas, Nobre diz que não fará loucuras pelo centenário, que o clube não tem condições de gastar fortunas para contratar jogadores e que vai manter o modelo adotado em 2013. Mas também dá algumas dicas para nós torcedores. Nobre afirma que as informações não vazam mais como vazavam antes no Palmeiras.

Todo mundo sabe que todos os clubes que afirmaram que o centenário isso e aquilo, que ganhariam tudo, que montariam um super-time, gastaram fortunas para conseguir jogadores que eram inflacionados quando o comprador era o “aniversariante do ano”. Muitas vezes pagaram caro por jogadores meia-boca que estavam bombando no momento. Os resultados dentro de campo foram, na maioria das vezes, pífios.

Estrategicamente, o discurso de Paulo Nobre é absolutamente correto. Ao invés de anunciar que conseguiu crédito, que fez empréstimos, que tem patrocinador na manga para o centenário, que se tornará um “player” no mercado, continua com o discurso que até agora foi a sua política de gestão. Isso irrita o palmeirense. Me irrita também.

Mas pensando um pouco e tendo muita, mas muita fé na atual gestão, quero acreditar que esse discurso estratégico é isso mesmo e só isso: um discurso estratégico. No momento certo e sem alarde, provavelmente sempre com o mesmo discurso, acredito que o Palmeiras começara a atuar no mercado. Pensando estrategicamente, não é hora, às portas de abrirmos o mercado de jogadores e de treinadores, de fazer discursos de loucuras de contratações e de desespero pelo centenário.

Está é a visão que eu tenho do que deve ser o discurso mais adequado ao momento em que os tubarões começam a rondar atrás da grana que vai fluir para os cofres dos clubes. E está é a esperança, a fé que eu tenho de que após um ano fazendo cortes, acabando com modalidades tradicionais no clube, gastando fortunas para manter um staff profissional, possamos finalmente chegar ao ano do centenário fortes, com uma equipe altamente competitiva e capaz de jogar bola e ganhar canecos.

Vamos aguardar. Com paciência. E muita, mas muita fé.

Anúncios

Um comentário em “Discurso correto no momento

  1. siro casanova
    outubro 31, 2013

    ,Muito bem colocado , eu penso que o Paulo Nobre é extremamente inteligente e sabe o que faz.
    Na hora certa ele vai trazer bons jogadores e teremos um bom time.
    Na minha modesta opinião o nível do futebol brasileiro é muito baixo e mesclando bons jogadores com jogadores mais novos (vide o Cruzeiro ) poderemos voltar a disputar títulos.

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em outubro 31, 2013 por em Uncategorized.

(Publicidade Gratuita até 20/05/14) #AvantiBasqueteSEP

@ArqPalestrina

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: