Arquibancada Palestrina

Um blog de Palmeirense de arquibancada

Ano do Centenário começa com vitória no NBB6: SEP 75 x 68 CAP

Por João Malaia (@ArqPalestrina e @jmalaia)

Times perfilados para o hino no Palestra

Times perfilados para o hino no Palestra

Sensacional. Esta é a palavra mais correta para descrever a vitória do nosso basquete hoje contra o Paulistano. Sensacional, porque batemos um time que chegou nas semifinais do Paulista. Sensacional, porque ganhamos de um time que tem um orçamento bastante superiror ao nosso. Sensacional, pois estávamos com três dos nossos principais jogadores machucados (Tyrone, Marcão e Wesley Sena) e eles com o time completo (apenas Pilar ficou de fora). Sensacional, pois o Paulistano não ficou nem uma única vez à frente do placar. Sensacional, pois quebramos a sequência de seis vitórias seguidas do Paulistano. Sensacional, pois mais uma vez mostramos que, dentro do Palestra, somos praticamente imbatíveis.

Neste ano centenário para nossa história, o nosso basquete começou fazendo bonito.  Ganhamos de 75 a 68 com um verdadeiro show de raça e dedicação dos nossos jogadores. Uma das chaves do jogo foi quando abrimos 11 a 0 de cara no primeiro quarto. A partir dali, soubemos administrar a partida com maestria.

O primeiro quarto terminou 22 a 11. O segundo, nós perdemos de 15 a 21, mas saímos para o intervalo 5 pontos à frente. O terceiro quarto terminou 15 a 11 para nós e começamos os últimos dez minutos com 9 pontos à frente. Administramos bem o último quarto, que terminou 25 a 23 para eles, mas com nossa vitória por sete pontos de diferença.

Torcida quase lotou o Palestra. Uma das laterais da bancada estava tomada.

Torcida quase lotou o Palestra. Uma das laterais da bancada estava tomada.

Os jogadores do Paulistano sofreram a tradicional pressão no Palestra. Principalmente Pecos, formado na nossa base e que no final da temporada passada foi para o Paulistano. Eu mesmo chamei tanto ele de filho da puta, que a mãe dele veio me zoar no final do jogo: “Oi, eu sou a mãe do Pecos que você xingou o tempo todo”… Imaginem minha cara de bosta… Ainda bem que a mãe do Pecos sabe que eu adoro o cara e que aquilo morre na quadra. O importante é a vitória do Palmeiras.

Pelo Palmeiras, todos os jogadores merecem destaque. Temos que valorizar demais essa vitória, pois o Palmeiras entrou com sete jogadores do time adulto e cinco jogadores da base (a maioria deles do sub-17). Betão usou apenas Cadu da base, e pouco tempo. O jogo estava apertado e tenso demais. Átila, cestinha do Palmeiras com 21 pontos, fez a quarta falta no início do último quarto. Betão sacou nosso pivô, improvisando Tiagão de pivô. Aliás, Tiagão foi um monstro no nosso garrafão. Mesmo assim, o time manteve o ritmo e não deixou o Paulistano encostar. Wiggins e Tiagão jogaram demais. CB e Neto deram volume na transição da defesa para o ataque. Guto entrou muito bem e meteu 2 bolas de 3 pontos decisivas. Aléo entrou pouco na partida, mas fez dois pontos importantes e ajudou na defesa.

Nossa defesa está muito bem. Estamos tomando poucos pontos. O Paulistano fez mais de 80 pontos em todos os últimos seis jogos, sendo que fez mais de 90 em quatro deles. Hoje, não fez nem 70.

Mas um dos pontos fundamentais foi, mais uma vez, nossa torcida. Ah, nossa torcida… uma das razões do meu viver, essa torcida linda do nosso Palmeiras. Que compareceu em bom número para um domingo de manhã, praticamente tomando as arquibancadas laterais e uma das arquibancadas do fundo. Torcida que cantou o tempo todo, que vaiou e xingou demais os jogadores do Paulistano. Torcida cheia de crianças que se orgulham da nossa Sociedade Esportiva Palmeiras.

Orgulho do Papai.

Orgulho do Papai.

Torcida que abraçou o projeto do novo técnico Betão, que olhou nos nossos olhos e nos fez entender do que o time precisava. Desculpem… mas nossa torcida é foda.

E sabem o que é lindo? Ver que nossos jogadores estão no embalo da torcida. Hoje, peguei Guto cantando uma de nossas músicas com o jogo parado, acompanhando a torcida. Vi Wiggins e Brown vibrando muito com nossa cantoria e sorrindo de felicidade. Para os gringos, a festa que fazemos é inédita, não existe nada parecido no país deles. E eles piram na parada. E jogam no nosso ritmo. Tiagão… esse já virou praxe pegá-lo cantando o hino do Palmeiras junto da torcida. Neto e Aléo? São os representantes da arquibancada em quadra.

Outra coisa linda? As crianças. Muitas crianças tirando foto com seus ídolos, cantando pelo Palmeiras, entendendo que mandar um adversário tomar no cu faz parte da cultura de arquibancada, da cultura de torcer pelo Palmeiras, de se doar a todo o instante. Assim fazemos palmeirenses que cantam e vibram.

Parabéns aos jogadores e à comissão técnica. Parabéns à torcida. Terça-feira, 20h, tem mais: na nossa casa, contra a Liga Sorocabana de basquete. Depois tem Espírito Santo e Minas. Dá para vencer os três jogos.

Brown depois do jogo tirando fotos com a criançada: coisa linda!

Brown depois do jogo tirando fotos: coisa linda!

No momento, temos 50% de aproveitamento. Seis vitórias e seis derrotas. Estamos fazendo uma campanha muito boa e eu acredito que podemos ir longe. Com mais uma contratação para suprir as lesões, com os jogadores se recuperando… dá para sonhar.

———-

Problema: faz tempo que digo que o admirador de basquete deveria ir ao nosso ginásio para ver Wesley Sena, formado na nossa base, de 17 anos e que desde o ano passado joga no principal. Pois é. O contrato do moleque acabou dia 31/12 e ele está livre para assinar com qualquer clube do Brasil ou do exterior. Uma pena, mas será muito difícil manter o jogador. Ainda há chances, mas comenta-se que Wesley deve parar na Espanha. Todos os times do Brasil querem o moleque. Temos o cara desde a base. Uma pena se perdermos esse jogador. #FicaWesley

 

Anúncios

4 comentários em “Ano do Centenário começa com vitória no NBB6: SEP 75 x 68 CAP

  1. siro casanova
    janeiro 5, 2014

    JOÃO MALAIA
    UMA DELICIA LER SEUS COMENTÁRIOS. É DE EMOCIONAR POIS VOCÊ CONSEGUIU COMENTAR O JOGO MINUTO A MINUTO E AINDA CONSEGUIU COLOCAR NOSSO ORGULHO ,QUE SÃO NOSSOS TORCEDORES.
    TERÇA-FEIRA TEMOS O JOGO DURO DE SEMPRE CONTRA SOROCABA.

    OBS; QUANTO AO WESLEY , SAIBAM QUE OFERECEMOS A RENOVAÇÃO DO CONTRATO , MAS OS AGENTES DELE DEVEM LEVA-LO PARA TESTE NA ESPANHA DO DIA 9 AO DIA 14 DE JANEIRO E EM RAZÃO DISTO OPTAMOS POR NÃO DEIXA-LO JOGAR .
    CHAMAMOS O WESLEY NO VESTIÁRIO E DISSEMOS QUE O QUEREMOS NO PALMEIRAS E ACREDITE, OFERECEMOS UM BOM CONTRATO PARA ELE, MAS OS AGENTES INSISTEM QUE ELE SÓ NEGOCIARÁ NO RETORNO DA ESPANHA , MAS QUE TODOS QUEREM QUE ELE FIQUE NO PALMEIRAS.
    TEMOS QUE AGUARDAR MAS SERÁ MUITO RUIM FICARMOS SEM ELE NOS PROXIMOS 4 JOGOS.

  2. Luiz
    janeiro 5, 2014

    Boa Noite João
    Parabéns pelos textos e principalmente por divulgar uma modalidade tão importante pra nós do Palmeiras. Gostaria de saber sobre as camisas de basquete, elas estão a venda em algum lugar ?
    Abraço

    • arquibancadapalestrina
      janeiro 6, 2014

      Luiz, essa camisa é difícil de achar. Mas te dou 3 dicas, pela ordem: Esporte Mania (em frente ao Palestra), Academia Store e por último a loja da Adidas ao lado do Palestra. Abraço!

  3. Claudio Longo
    janeiro 5, 2014

    João parabéns, pela coluna, preciso falar com você pessoalmente me ligue!

Deixe um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em janeiro 5, 2014 por em Uncategorized.

(Publicidade Gratuita até 20/05/14) #AvantiBasqueteSEP

@ArqPalestrina

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: